Berinjela ao forno com grão de bico

Categoria: Vegetariana

Ingredientes:

Óleo abundante para fritar



Sal

10 berinjelas pequenas com os cabinhos

3 dentes de alho socados

½ xícara de grão-de-bico

1 cebola média cortada em tiras finas

3 colher (sopa) de óleo

5 tomates maduros cortados picados

Salsa

1 colher (café) de pimenta síria

½ colher (café) de pimenta-do-reino em

Modo de preparo:

1. Deixar os grãos-de-bico de molho na água, na véspera

2. Tirar a casca (a maneira certa está no final da página), cozinhar em bastante água até que fiquem macios

3. Reservar junto com o líquido

4. Enquanto isso, lavar as berinjelas, tirar parte da casca (3 ou 4 tiras) no sentido longitudinal mantendo os cabinhos

5. Fazer um talho longitudinal no centro de cada berinjela

6. Passar o dedo no sal e esfregar na polpa para que ele possa penetrar

7. Deixar por 15 minutos

8. Antes de fritar, secar bem as berinjelas: quando se coloca o sal elas soltam água que, na hora de fritar, faz espirrar o óleo

9. Fritar em óleo bem quente, até as berinjelas murcharem

10. Retirar e envolver em papel absorvente, para eliminar o excesso de óleo

11. Reservar

12. Refogar as cebolas em óleo

13. Juntar o alho, o grão-de-bico escorrido, os tomates, os temperos e a salsa até que os tomates murchem

14. Adicionar uma xícara do caldo reservado do grão de bico

15. Rechear as berinjelas com este refogado e colocá-las em uma travessa refratária, regando-as com o recheio excedente

16. Levar ao forno médio (180ºC) por 15 minutos

17. Retirar e salpicar com salsa picada

18. Servir frio, acompanhado de arroz

19. Grão de bico: Os grãos-de-bico usados devem ser postos de molho na véspera e descascados da seguinte forma: colocar sobre a metade de um pano de prato, em uma superfície plana, e cobrí-los com a outra metade

20. Passar por cima o rolo de macarrão, com levar pressão

21. Separar as cascas dos grãos mergulhando no recipiente com água

22. Escorrer e usar

23. Pode-se deixar o grão-de-bico já descascado, dividido em porções, no freezer, para consumo posterior

 

Deixe um comentário